PERSEGUIÇÃO

Ladrões fazem reféns, batem carro e são detidos pela PM

Reprodução

Um criminoso foi preso e outro morto após fazerem duas mulheres reféns em Guarujá, na madrugada de sexta-feira, 14. Eles trocaram tiros com a polícia, fugiram em um veículos com as vítimas, bateram o carro duas vezes, correram para um matagal, mas foram alcançados pela Polícia Militar.

Participe dos nossos grupos ℹ bit.ly/GRUPOCNGUARUJA 🕵‍♂Informe-se, denuncie!

Agentes da Polícia Militar foram acionados para apurar um roubo a residência na rua do Cacheta, no Jardim Virgínia, em Guarujá, por volta das 5h30. Quando chegaram ao local, encontraram o portão da garagem aberto e foram recebidos a tiros.

Na sequência, dois criminosos saíram da casa segurando duas mulheres pelo pescoço. Eles alegaram que não iriam se render e nem sair da casa, mas colocaram as mulheres dentro de um Chevrolet/Agile e saíram em marcha ré até que bateram em uma árvore e saíram em alta velocidade em direção ao fim da rua. 

Chegando no fim da rua, colidiram com um carro estacionado e os dois ladrões fugiram para um matagal. As mulheres foram retiradas do carro e quatro policiais iniciaram perseguição aos bandidos com incessante troca de tiros. 

Um dos criminosos foi baleado e morreu no local, com duas armas de fogo ao seu lado. O segundo bandido foi alcançado e detido pela PM. Ele apresentava escoriações que dizia ser de arame farpado, então foi conduzido à UPA da rodoviária, antes de ser preso. 

Com os criminosos foram encontrados R$ 690 em espécie, uma aliança e quatro cédulas estrangeiras.