Defesa

Roubo em pousada termina em morte de criminoso no Guarujá

Reprodução/Google Maps

Hospedado em uma pousada localizada no bairro Balneário Praia de Pernambuco, em Guarujá, um segurança baleou e matou um homem que, junto com outros três, invadiu o estabelecimento, para a prática de roubo, na noite de domingo, 10. A ocorrência foi registrada na delegacia sede do município.

O segurança relatou que estava em seu quarto quando começou a ouvir gritos na pousada e que o som aproximava-se. Em seguida, segundo ele, tentaram arrombar a porta  de seu aposento, quando pegou sua pistola Taurus, calibre 380,  e anunciou estar armado. 

Participe dos nossos grupos ℹ bit.ly/CNAGORA8 🕵‍♂Informe-se, denuncie!

Os bandidos não se intimidaram e disseram que iriam entrar e que "era melhor se entregar". Ele, então, conforme contou, municiou a arma e aguardou. Os bandidos efetuaram um disparo para dentro do quarto e ele revidou com dois, em direção à porta. Na sequência, foi para o banheiro, para se abrigar e, ao olhar pela janela, viu um homem correndo e fugindo pelo portão da pousada. O segurança afirmou que ainda deu um disparo para o alto, para afugentar o indivíduo. 

Vendo que tudo estava novamente calmo, ele saiu do quarto e encontrou o proprietário do estabelecimento no jardim, o qual afirmou que havia um indivíduo caído no chão. Foi solicitada a presença da Polícia Militar e socorro médico, mas o criminoso morreu no hospital, cerca de 37 minutos após o ocorrido, segundo o registrado. 

O homem morto com um tiro foi identificado como Jackson de Almeida Oliveira, 25 anos, procurado pela Justiça de Sorocaba, com mandado de prisão emitido em fevereiro de 2018. Segundo o registrado no boletim de ocorrência, outros hóspedes testemunharam que ele estava acompanhado de outros três comparsas no momento do roubo. Eles ainda conseguiram fugir com cinco celulares roubados.