PANDEMIA

Guarujá tem 205 suspeitas de coronavírus na cidade

Hygor Abreu

A Secretaria de Saúde (Sesau) de Guarujá informou que monitora 205 casos suspeitos do novo coronavírus (Covid-19) na cidade. Todos aguardando resultado laboratorial do Instituto Adolfo Lutz (IAL).

Participe dos nossos grupos ℹ bit.ly/GRUPOCNGUARUJA 🕵‍♂Informe-se, denuncie!

Atualmente, 11 pessoas estão internadas. As demais, seguindo uma orientação da Sesau, estão em isolamento domiciliar. Outros cinco casos suspeitos já foram descartados. Não há nenhuma confirmação da doença no município.

Óbitos sob investigação

A prefeitura de Guarujá está investigando três mortes ocorridas em Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s), mas que não tiveram o diagnóstico confirmado pelo Instituto Adolfo Lutz a tempo. Os quadros indicam em comum apenas a sintomatologia respiratória.

A primeira morte é do dia 22 de março, de um homem de 55 anos, na UPA da Enseada. Ele não tinha histórico clínico de sintomas de Covid-19, mas a causa morte à princípio foi de síndrome respiratória aguda.

O outro óbito data de quarta-feira, 25, de um homem de 74 anos, no PAM Rodoviária, sendo também a causa morte de síndrome respiratória aguda. Sem histórico clínico.

E por fim, de uma mulher de 52 anos, que veio a óbito na última sexta-feira, 27, na UPA de Vicente de Carvalho, e que apresentava sintomas suspeitos da Covid-19, com quadro asmático.

A Secretaria lembra que no dia 19 de fevereiro foi publicado no Diário Oficial do Município, o Plano de Assistência ao Paciente com Sintomatologia Respiratória, documento que reúne diretrizes aos profissionais de saúde, além de orientações e encaminhamento de pacientes.

O material de Guarujá foi pioneiro no Estado de São Paulo, sendo a primeira Cidade a adotar um fluxograma na rede de saúde. Os profissionais da saúde, inclusive, começaram a ser treinados pela Sesau no dia 11 do mês passado.

No último dia 13, o prefeito de Guarujá, Válter Suman, solicitou ao Condesb reunião (realizada no último dia 16), para adotar um Plano de Contingência Metropolitano de Enfrentamento ao Coronavírus, onde foram definidas 11 estratégias de enfrentamento da Covid-19.