De tudo um pouco

Como se proteger de chuvas e temporais?

Banco de Imagens

As chuvas e temporais conseguem transformar um belo dia ensolarado, em um céu totalmente escuro e carregado. Apesar de importantes para a natureza e meio ambiente, elas podem assustar - e muito - principalmente quando não sabemos como nos proteger.

Além disso, os estragos em áreas de risco podem ser devastadores. Mas, mesmo que você não esteja nessas regiões, vale a pena ficar alerta e adotar algumas medidas de prevenção.

No artigo de hoje, listamos algumas dicas que podem ajudar você a se proteger de chuvas e temporais. Acompanhe a leitura!

1 - Feche portas e janelas

Ainda que a famosa previsão do tempo alerte sobre as condições climáticas, devemos estar sempre preparados, afinal, as chuvas e temporais podem vir de repente.

Por isso, é importante manter portas e janelas fechadas, ainda mais se você vai sair de casa.

Quem mora em apartamento está preferindo o envidraçamento de sacada, ou seja, o fechamento de áreas abertas com painéis de vidro, para a proteção contra entrada de vento, chuva e poeira, além da redução de ruídos externos.

Além de proteger a sua residência contra intempéries, o envidraçamento também permite uma visão panorâmica e integra os espaços, deixando-os ainda mais aconchegantes.

2 - Tire os aparelhos da tomada

Outra dica que protege sua casa contra chuvas e temporais, é desconectar os aparelhos elétricos e eletrônicos da tomada. 

Isso evita que eles sejam queimados por sobrecarga de energia.

De acordo com um levantamento do Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT), mantido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o Brasil é líder mundial no número de incidências de raios.

Quando há apagões, além da possibilidade de comprometer os seus aparelhos, também há o risco de curtos-circuitos, que podem ser altamente prejudiciais e perigosos.

Em alguns edifícios recomenda-se, inclusive, procurar por fornecedores de transformadores, que são fontes de energia confiáveis, utilizados em sistemas de infraestrutura industriais e em aplicações comerciais e domésticas.

Os transformadores evitam a ocorrência de sobrecargas e de curtos, ajudando a proteger você e sua casa.

3 - Tenha um sistema de proteção

Segundo o INPE, o Brasil recebe, em média, 50 milhões de raios por ano. Sendo assim, para evitar possíveis problemas em prédios, indústrias e locais com energia elétrica, é necessário ter uma proteção correta contra as descargas atmosféricas.

Desse modo, de acordo com a norma ABNT NBR 5419:2015, é obrigatória a proteção de estruturas contra descargas atmosféricas, conforme as diretrizes da NR 10, do Ministério do Trabalho e Emprego.

O SPDA, ou sistema de proteção contra descargas atmosféricas, é composto de dispositivos que orientam o caminho dos raios até a terra, oferecendo menor resistência elétrica. Assim, é possível proteger pessoas, equipamentos e estruturas dentro da instalação.

Atualmente, o SPDA pode ser dimensionado por:

- Método gaiola de Faraday;- Método de Franklin;- Método de esfera rolante;- Método de esfera fictícia.

A NR 10 também informa a obrigatoriedade do laudo de inspeção do SPDA. O documento verifica todas as condições da estrutura, bem como do aterramento elétrico.

4 - Faça a limpeza e desentupa os sistemas da casa

Para evitar dores de cabeça com as chuvas e temporais, é importante providenciar a limpeza de calhas, ralos, entre outros elementos, para permitir o melhor escoamento da água.

Vale dizer que o acúmulo de galhos e folhas pode provocar não só o entupimento das calhas, mas também ampliar as chances de um transbordamento que pode chegar dentro da sua casa.

Por isso, se necessário, recomenda-se contratar uma desentupidora de esgoto SP e região para os trabalhos de higienização e desentupimento dessas áreas.

5 - Faça a manutenção preventiva da sua casa

A manutenção preventiva e periódica é uma das maneiras de evitar os transtornos  causados pelas chuvas e temporais. 

Você precisa verificar o estado da fiação elétrica, por exemplo, para afastar o risco de curtos-circuitos.

Além disso, é preciso observar se não há excesso de umidade e infiltrações nas paredes, algo que pode comprometer toda a estrutura da casa.

As medidas preventivas também incluem a conservação dos telhados, que é uma das partes mais atingidas durante os temporais. Caso apresentem defeitos, substituí-los ou passar impermeabilizante é recomendado para evitar pontos de goteira.

Por fim, adotando medidas como essas, você não precisará mais se preocupar com tempestades repentinas, e garantirá uma melhor segurança para sua casa em dias de chuva.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.