Saúde

Dieta saudável pode reduzir o risco de perda auditiva?

Divulgação: Heart Foundation

Você sabia que uma alimentação balanceada pode desempenhar um papel importante na maneira como você ouve os sons à sua volta?

Segundo um estudo publicado em 2019 pelo American Journal of Epidemiology, mulheres com alimentação mais saudável apresentaram taxas mais baixas de perda auditiva em relação àquelas com alimentação menos saudável. 

Nesse estudo, as mulheres foram recomendadas a seguir uma dieta saudável, e realizar a medição da audição. Três anos depois, uma nova avaliação auditiva foi realizada, sendo que aquelas mulheres que continuaram seguindo uma alimentação mais saudável apresentaram uma probabilidade menor de desenvolver perda auditiva em altas frequências do que as que não fizeram. Além disso, a chance de um declínio na sensibilidade auditiva nas frequências médias das mulheres com alimentação saudável foi 30% menor.

Alguns alimentos podem reduzir o risco de desenvolver a perda auditiva ou evitar que ela ou outros problemas auditivos avancem. São eles: legumes, frutas, grãos integrais, azeite de oliva, peixe, nozes, carnes magras, laticínios com baixo teor de gordura, além dos minerais, potássio, zinco e magnésio, que são essenciais para preservar a boa audição. 

É preciso estar atento ao consumo em excesso de açúcares, carboidratos e da cafeína, que pode acentuar um zumbido no ouvido já existente.

Há várias teorias sobre os motivos de uma dieta mais saudável reduzir o risco de desenvolver a perda auditiva, como qualquer outra doença. Dessa forma, qualquer sinal de diminuição da audição, procure um profissional especializado para indicar o melhor tratamento a você.